sábado, 15 de agosto de 2009

PROMESSAS LEVA-AS O VENTO

Estamos a menos de 2 meses das Eleições Autárquicas, os Candidatos já são conhecidos e os seus Programas Eleitorais devem estar brevemente à disposição dos Munícipes. Há uma certeza que não podemos contestar, o surto de progresso que se tem verificado desde o 25 de Abril de 1974, deve-se em grande parte ao esforço abnegado desenvolvido por milhares e milhares de Autarcas e à maior realidade da nossa Democracia - o PODER LOCAL.
Em ano de Eleições (Autárquicas e Legislativas), há uma infinidade de Cidadãos disponíveis com apetência pelo Poder, uns com mais qualidades que outros, no entanto todos assumindo-se como os melhores do Mundo e capazes de poderem resolver todos os problemas.
As Eleições de 11 de Outubro vão trazer-nos novos Executivos para a Câmara e Juntas de Freguesia, os Cidadãos Eleitos vão tornar-se responsáveis pelos desígnios do Concelho de Campo Maior até 2013, nestes quatro anos ter-se-á que dar prioridade aos justos anseios de todos.
Cada Candidato vai apresentar o seu Programa Eleitoral, esse programa deve integrar e definir os objectivos a atingir durante o Mandato e não poderão alhear-se de que são atribuições das Autarquias tudo o que diz respeito aos interesses próprios, comuns e específicos das suas Populações.
Os Candidatos escolhidos devem ao longo do período que antecede o sufrágio, defender o seu Programa, a sua linha de acção, analisar educadamente com justiça o trabalho que fou executado pelos Executivos anteriores, devem fazer críticas construtivas e contrapor as acções que entenderem fazer em prol do Concelho de Campo Maior.
Até 11 de Outubro resta-nos estar atentos ao que se vai passar, no entanto como Campomaiorenses, devemos participar activamente nas Campanhas, auscultando os Programas e seus Projectos, de forma a podermos tirar as ilações que nos possam conduzir a votar em consciência.
O actual Mandato está a terminar, há quatro anos, João Burrica apresentou o seu Programa Eleitoral e fez imensas promessas que não veio a cumprir. É bom lembrar que ao longo destes quatro anos o nosso Município movimentou mais de 50.000.000,00 € e o progresso que se esperava estagnou, continuamos a viver num autêntico marasmo, todavia, grande parte dessas verbas foram mal utilizadas, os investimentos produtivos foram diminutos, o que ganhamos (por darem votos) foram espectáculos, festas, excursões, almoços por tudo e por nada e ainda como prémio de consolação, estarmos em 19º.lugar, entre os 306 Municípios, como dos mais gastadores em Despesas de Pessoal. Campo Maior tem 341 trabalhadoras (quadro e contratados), mais 100 do que a Câmara de Elvas.
Aos Candidatos pretendo neste Post, lembrar-lhes o que foi prometido por João Burrica e não teve execução, para que possam estar atentos a todas estas necessidades que considero prementes.
- Arranjo e tratamento das entradas da Vila, foi prometido o lançamento de um concurso de ideias, mas mantêm-se tudo na mesma;
- A reparação e conservação dos Caminhos Municipais, o C.M. 1109 que liga a Enxara à D. Joana está em estado calamitoso há doze anos, em 21/12/2008 tinha um financiamento da Comunidade no valor de 1.800.000,00 € que não foram aproveitados;
- A reparação e conservação das Estradas de Ouguela e Retiro;
- A recuperação da casas degradadas do Centro Histórico e de todo o Património Monumental e Cultural (Muralhas, Mártir Sano, Castelo de Campo Maior e Ouguela);
- Incentivar a construção de Habitação em Degolados, cedendo terrenos a preços reduzidos;
- Executar um Plano de Pormenor de Expansão da Vila e o que fez' foi anular o,Plano de Pormenor existente para construir a Piscina Coberta;
- Criar o Gabinete do Munícipe e do Investidor, de forma a garantir um atendimento personalizado na resolução dos problemas apresentados;
- Remodelar e beneficiar os arruamentos do Centro Histórico;
- Melhorar a iluminação pública de Campo Maior e Degolados;
- Ampliação ou construção de uma nova Casa Mortuária;
- A cedência de terrenos na Zona Industrial, a custos reduzidos, para incentivar a fixação de novas Industrias, tendo como objectivo a criação de postos de trabalho;
- Fazer da Barragem do Caia um sítio aprazível para o lazer e aproveitamento dos tempos livres;
- Construção de uma Praia Fluvial no Rio Xévora (Enxara).
Enfim ainda há mais, onde está o prometido Bairro Social de custos controlado para que os Jovens pudessem dispor de habitação? Onde está o tão badalado Centro Geriátrico a constuir na Fonte Nova para não falar da Estrada do Retiro que não meio de se iniciar!
É um rol de promessas não cumpridas, esperamos que os Candidatos que vierem a ser eleitos cumpram tudo o que prometem, o Povo não pode ser enganado, é imprescindível que haja a necessidade de um levantamento exaustivo das necessidades, programando as suas prioridades, dinheiro existe, é necessário ser bem gerido.
Campo Maior, 15 de Agosto de 2009
siripipi-alentejano

6 comentários:

Joâo Vitorino disse...

Pois é Sr. Siripipi! Esta é a sua verdadeira missão: denunciar todas estas situações, as quais, de tão escandalosas, nem precisam de serem comentadas.
Ninguém mais pode, como você, cumprir esta importantíssima missão. E ela é fundamental junto de uma população que é continuamente envenenada por uma demagogia descarada, quase sempre acompanhada de boatos que são postos a circular para desacreditar os adversários a fim de que a população não ouça as suas propostas e projectos. Eles lá sabem o medo que têm de que, largando o poder, ficarão com todos os "rabos de palha" à vista de todo o povo.
Quem nos dera que todas as forças políticas entendessem que só há uma maneira de resolver os problemas de Campo Maior e essa passa por tirar o poder a esta gente que tão mal o tem utilisado apenas para se banquetearem com os benefícios que dele têm tirado.

Um campomaiorense disse...

Permitam que chame a vossa atenção para a maneira escandalosa como a Rádio Campo Maior está a beneficiar a campanha do movimento encabeçado pelo actual presidente da Câmara, sr. João Burrica.
Francamente, esperava-se uma maior isenção de uma rádio que constantemente apregoa estaar ao serviço de todos nós. Vejam o que se passa no que transmitem e no que publicam no seu site.
É com grande mágoa que me vejo obrigado a denunciar esta situação.

Ana Loura disse...

Fui ver a página da RCM e pude constatar que é evidente o parcialismo que está a ser usado no tratamento do tema eleições.
Fracamente! Um orgão que peretence à SANTA CASA DA MISERICÓRDIA a proceder deste modo! Tanto foi dito sobre o provedor Carrilho e nem no seu tempo se viu uma coisa assim. Enfim, lá diz o velho ditado: "depois de mim virá que em bom me tornará".
O Senhor Siripipi que é que acha disto?

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Ana Loura disse...

Senhor Siripipi:
Como é que o senhor consente que um Anónimo 12:34, venha para o seu blog insultar de forma tão grosseira um outro bloguista que já tomou a decisão de barrar as enormidades co que ele o procura atingir?
Temos de manter algum consenso que vá criando certas regras para que tudo isto não vá descambar num chiqueiro de grosserias e baixesas.

Anónimo disse...

o anonimo de 12,34 não está haver bem o filme, então o sr. burrica cumpriu as suas promessas? nem 20% cumpriu que é uma vergonha venha ver a parte velha da vila depois fale a verdade estás ainda a dormir fala a verdade aos campomaiorenses queremos esse sr. fora só está a fazer mal a todos os níveis é um escandalo nacional temos o nosso patrimonio todo abandonado