quinta-feira, 14 de março de 2013

ELEIÇÕES AUTARQUICAS APROXIMAM-SE

Provavelmente no próximo mês de Outubro, os cidadãos Portugueses vão ser chamados a eleger os novos Autarcas para o quadriénio de 2013/1017 e neste momento já há muita gente a pensar quem serão os Candidatos à nossa Câmara Municipal e Juntas de Freguesia.

Apesar de faltarem alguns meses, os Campomaiorenses já pensam quem serão os possíveis Eleitos, por isso resolvi desde já abordar este assunto, todavia, pretendo informar os visitantes do meu Blogue, que os meus post sobre esta matéria, por dever de ofício, são trabalhos de cariz técnico, no entanto apesar de ser minha intenção alertar para os problemas sérios e catuais, não deixam igualmente de possuírem alguma componente política.
Em 2008 postei alguns trabalhos subordinados a este tema e questionei que candidatos iriamos ter, bem como o seu perfil e dizia: ”Vou traçar em linhas gerais um retrato robot, do que penso ser o verdadeiro Autarca e qual o seu papel. O que escrevo não é dirigido a ninguém em particular, antes pelo contrário, é feito dirigindo-me aos Cidadãos da minha Terra candidatos à cadeira do Poder, escrevo como Campomaiorense e não como simpatizante deste ou daquele Partido ou Movimento Independente, faço-o tendo em conta o progresso e desenvolvimento de Campo Maior.
Como qualquer outro cidadão também tenho as minhas simpatias politicas, contudo, adianto-vos que se tiver que criticar ou atacar a força politica que simpatizo, fá-lo-ei e não me esconderei atrás da ideologia que perfilho.
Disse no princípio deste trabalho que as eleições Autárquicas vão ter lugar em 2013, os Partidos Políticos e Movimentos Independentes já iniciaram as sondagens e a escolha dos seus Candidatos e até já há Cidadãos assumindo a sua Candidatura.
Em ano de eleições, sejam elas Autárquicas ou Legislativas, há uma infinidade de Cidadãos disponíveis com apetência pelo Poder, uns com mais qualidade que outros, no entanto todos assumindo-se como os melhores do Mundo e capazes de poderem resolver todos os problemas.
Prometer é fácil, mas cumprir é bastante mais difícil.
As lutas Partidárias na escolha dos seus candidatos tornam-se por vezes árduas, existem forças ocultas ou Barões políticos exigindo esta ou aquela pessoa, mesmo que essa pessoa não tenha sido eleita democraticamente pela estrutura partidária. Trata-se de um procedimento antidemocrático que vem sendo comum em todos os Partidos.
Importa ainda referir, que é dever e obrigação de quem subscrever as listas a sufragar, escolher os melhores e não os amigos ou os que por outros motivos pretendam impor.
As Eleições Autárquicas que se avizinham vão trazer-nos novos Executivo para as Câmara Municipal e Juntas de Freguesia e os Cidadãos que vierem a ser eleitos tornar-se-ão responsáveis pelos desígnios do nosso Concelho até 2017, nesses quatro anos terão de dar cumprimento aos justos anseios de todos, trabalhando e lutando pelo desenvolvimento, progresso e bem-estar de todos os Campomaiorenses.
Fica aqui o meu primeiro alerta sobre as próximas Eleições Autárquicas, é necessário começar-se desde já a ponderar e a trabalhar na constituição de uma equipa de trabalho credível, para escolher os melhores Cidadãos para integrar as listas a sufragar.
Importa lembrar que o tempo urge e que não devemos guardar para amanhã, o que já poderá ser feito hoje! Também é necessário analisar e ponderar no trabalho executado pelos Executivos ainda em serviço e depois cabe aos responsáveis Políticos decidir em consciência para bem de todos os Campomaiorenses.

Campo Maior, 14 de Março de 2013

4 comentários:

Avenida Maior disse...

Caro Siripipi, hoje depois de tomar conhecimento do assalto ao cobre do centro cultural, tive conhecimento que o nosso executivo não apresentou queixa com medo de represálias! É triste, como é que a nossa vila não há de viver neste medo! Valia mais irem a guardar pirús....

Anónimo disse...

De facto, se assim é, é triste sermos governados por governantes medrosos....Assim não admira que o anterior tivesse deixado crescer o Mártir Santo e que este nada faça para acabar com esta situação. Onde estão os HOMENS da nossa terra para resolver isto ???

Anónimo disse...

Não compreendo como se vai premiar o mesmo elenco camarário se passado todos estes anos nada foi feito pela segurança.
Não há muito tempo que um senhor bancário foi assaltado em pleno jardim publico e os responsáveis estão tranquilos a onde vamos chegar.

Anónimo disse...

Mentira !!! Apercebam-se porque é que os presos chegam ao tribunal e são soltos...Há um problema de segurança , sim senhor, que já está a ser atenuado com a chegada de mais efectivos,mas o problema maior é a justiça, esta justiça portuguesa que nos desespera.